O que você precisa para começar a vender no digital

Vender no digital não precisa ser uma tarefa complicada, mas também requer atenção em pontos importantes. Confira nesse artigo o que você precisa para começar e quais erros comuns você pode evitar para sair na frente.

Edu Costa

18 jun 2020 • Tempo de Leitura: 6 min

Eu tenho certeza, que muita gente vai torcer o nariz antes mesmo de começar a ler esse texto. Por exemplo, agora mesmo, você pode ser uma dessas pessoas que ainda não começou a vender no Digital, mas segue dizendo que…

“Isso é muito básico”

“Não tem Nada novo”

“Isso aí eu já sei”

E mesmo “sabendo”, esses são os mesmos que continuam sem conseguir alcançar os resultados que querem… mas, aqui é que mora um grande problema: eles confundem já ter estudado com CONHECIMENTO.

Conhecimento não é estudo, ele é o RESULTADO do estudo e, principalmente, da PRÁTICA.

mind blow descoberta

Quando você vai buscar conteúdo sobre vender no Digital, você vai ver muita gente usando termos parecidos. 

O Juliano Torriani e o André Cia, por exemplo, com quem aprendo muito, falam que você precisa de Produto, Audiência e Conversão.

Outros produtos falam que é NPO – Nicho, Produto e Oferta.

Russell Brunson, que é inspiração para a maioria dos empreendedores digitais, fala de Hook, Story e Offer (Isca, História e Oferta).

Mas repare que, essencialmente, cada um encontrou a sua forma de falar algo muito semelhante. Porque a real é que não importa muito a nomenclatura: o que importa é o processo.

E esse processo consiste basicamente nas seguintes etapas:

  • Nicho: encontrar exatamente o público com o qual você quer falar;
  • Produto: construir um produto que as pessoas queiram e PRECISEM consumir;
  • Oferta: criar ofertas irresistíveis para essas pessoas;
  • Audiência: levar pessoas até a sua oferta para conseguir vendê-la. Você pode fazê-lo através do tráfego orgânico ou pago
  • Conversão: realizar ações de vendas que transformem seguidores em clientes. Nesse aspecto entram as seguintes habilidades:
    • Copywriting, a escrita persuasiva;
    • Funil de Vendas, para automatizar seu processo de vendas e aumentar seu faturamento;
    • Conteúdo, para construir relacionamento gerando valor ao longo de todo o processo.

Os primeiros passos para vender no Digital

Curiosamente, os primeiros passos no Digital começam fora dele.

Provavelmente você já ouviu alguém dizendo que “pessoas começam um negócio a partir do que elas querem vender, e não do que o público quer comprar?”

Eu particularmente ouvi isso diversas vezes. Sendo assim, deixa eu te contar uma breve história:

Eu sou nascido e criado numa favela do Rio de Janeiro, e como em qualquer comunidade, boa parte das pessoas se conhece.

Uma vez, eu precisei de um motorista de Uber lá da comunidade, e conheci um cara que estava abrindo uma agência de viagens lá no morro. 

Eu achei a ideia bacana, mas não tinha certeza se o negócio ia vingar. 

Mas o cara fez tudo: alugou loja, mandou fazer um monte de material na gráfica, comprou computador, instalou internet, fez os diabos. 

Resultado: ele não aguentou 3 meses de negócio aberto.

Ele estava mais preocupado com o que ELE queria vender, e não com o que o público da comunidade queria comprar. 

Por outro lado, lá no salão de cabeleireira da minha mãe, eu moça lá comentou que estava planejando tudo para abrir uma loja multimarcas.

Uma cabeçada de gente falou para ela que era bobagem, que a galera preferia ir comprar no shopping do que na própria comunidade, que não ia dar certo, etc.

Mas, dá só uma olhada a estratégia dela: 

  • Primeiramente, ela escolheu um nicho para focar: o de funk. 
  • O público era de adolescente/jovem.
  • Com isso, toda a semana, ela fazia um dia de oferta SEMPRE no dia anterior ao baile funk.
  • E conversando com as meninas (maior parte do público dela), ela identificou quais as marcas as meninas mais gostavam.

Dessa forma, essa mesma mulher já tem 3 lojas na comunidade, em menos de 2 anos.

Isso é #MINDSETDARATARIA, porra!

Ela primeiro foi entender o que o público queria. E não foi vender roupas de qualquer estilo para qualquer um. Ela focou naquele nicho que ela identificou como MAIS LUCRATIVO.

Mas como isso se aplica para nós, ao montar nosso negócio digital?

Erros mais comuns de quem está começando

Alguns dos erros mais comuns de quem está começando a se aventurar a vender no Digital podem atrapalhar seus planos de crescimento. Confira quais são e como se manter longe deles:

Querer vender tudo para todo mundo ou criar um produto que ninguém quer.

Um dos maiores erros de quem quer empreender no digital e construir um negócio online é tentar vender tudo para todo mundo… mas não é assim que você vai vender no Digital, campeão.

Mesmo que você tenha um vasto conhecimento, mesmo que você já atenda hoje vários mercados, o dinheiro no digital está nos NICHOS.

Vamos pegar um exemplo:

Dentro do segmento “Bem estar” tem “Maternidade”, e dentro de “Maternidade” tem diversos outros nichos.

O que você acha que é mais fácil?

Se posicionar como:

  • “Especialista em Maternidade”; OU
  • “Especialista em Primeira Gestação de Menina”

O segundo, não é?

Porque, certamente, no nicho de “Primeira Gestão de Menina”:

  • Tem menos concorrência, menos pessoas tentando se posicionar como especialista nisso;
  • Tem um público MUITO mais qualificado;
  • Tem um custo de marketing (anúncios) MUITO mais barato; e
  • Consequentemente, tende a ser mais LUCRATIVO.

Ou seja, se especializar em nichos é muito mais LUCRATIVO.

Alguns nichos podem até gerar mais RECEITA, ter mais DEMANDA, etc, mas lucratividade é sobre quanto dinheiro sobra no seu bolso. Então, se me perguntarem, é a métrica de performance que mais importa.

No entanto, como escolher o público certo?

Eu já liberei uma aula gratuita mostrando várias ferramentas gratuitas que você pode utilizar para pesquisar sobre quais os nichos mais lucrativos dentro do seu mercado. 


Querer vender só para público “frio”

Ninguém acorda um dia pensando: “Hmm… Acho que vou comprar geladeira inverter de R$ 2.000 da marca X hoje” 

A maioria das pessoas não está pronta para comprar.

E aqui vem um insight extremamente importante, PRESTE ATENÇÃO:

A maioria dos negócios – digitais ou não – costuma vender apenas para os 3% das pessoas que já está ciente do produto ou interessado em comprar, e IGNORAM os outros 97% que não estão prontos para comprar ainda.

Mas se a gente sabe desse público, conhece a jornada de compra dele, a gente pode “capturar” esse cliente muito antes de ele sequer ter o desejo de compra, especialmente quando o assunto é vender no Digital, onde isso é ainda mais fácil.

Isso é construir AUDIÊNCIA.

edu costa palestrando para sua audiência

Audiência não é número, nem ter milhões de seguidores. Não é ser famoso.

Construir uma audiência é nutrir os outros 97% que ainda não estão prontos para comprar, trazê-los para perto de você e construir neles o desejo pelos seus produtos/serviços.

Dessa forma, quando chega nessa parte aqui, todo mundo fica muito desesperado para começar a vender cursos de 1k, 2k, mentorias de 5k, mas esquecem-se do BÁSICO.

O produto mais importante da sua escada é o produto de entrada!

É ele o primeiro contato do seu público com o que você entrega de valor. 

Quanto mais incrível for seu produto de entrada, maiores as chances do (agora) cliente continuar comprando contigo. ,

Mas, óbvio: sua oferta de entrada tem que estar relacionada a sua oferta principal. Ele tem que ser o primeiro passo, mas tem que dar uma primeira vitória para o seu público.

E por que ele é o mais importante?

Pensa comigo, o que é mais fácil:

  • Vender um curso online de 1k para pessoas que não te conhecem; ou
  • Vender um checklist de R$49, mas que entregue uma primeira vitória simples e fácil de alcançar pelo seu público (mesmo que ele ainda não te conheça)?

O segundo, certo?

Afinal, depois de vender o ebook, fica infinitamente mais fácil de vender o curso de 1k, porque:

  • Ele já te conhece;
  • Ela deixa de ser só um seguidor e passa a ser um CLIENTE;
  • Você já entregou uma primeira vitória;
  • Ele QUER mais.


Não saber criar ofertas que vendem

Desenvolver o produto/serviço certo para o público certo NÃO BASTA para vender. Tem um monte de gente com produtos ótimos, mas que não vendem nada.

Para vender no Digital, você precisa trazer o CLIENTE para o foco principal. Você precisa transformar o produto em uma OFERTA que atenda à necessidade e/ou desejo do seu público.

Entram aqui muito sobre Copywriting, Psicologia do Consumidor, Neuromarketing, Persuasão e muito mais.

A principio, existem vários elementos que eu posso trabalhar para criar minhas ofertas.

Alguns que você pode conhecer:

  • One Time Offer:  
  • One Day Offer:  
  • Ofertas exclusivas para grupos fechados:  
  • Tempo Limitado:  
  • Vagas Limitadas: Mas cuidado: não adianta criar falsa escassez.
  • Bônus:  
  • Garantia:  
  • Comodidade: Frete grátis, velocidade na entrega, extensão da garantia gratuita, e outros mimos que você pode oferecer. 

Sendo assim, tão importante quanto construir a oferta, em si, é saber como levá-la ao público. 

Por fim, nesse ponto, entram as Ações de Vendas.

  • Lançamento “Clássico”
  • Webinário
  • Oferta Direta
  • Lançamento Meteórico
  • Funil Perpétuo
  • Desafio
  • E muito mais.

Com esse passo a passo, fica muito mais simples você não errar na hora de começar a vender no digital e garantir seu crescimento exponencial e sustentável no longo prazo.

Curtiu esse conteúdo? Compartilhe ele com quem você acha que vai extrair muito valor e confira mais conteúdos como esses no meu Instagram (@educostamkt) ou ao vivo, toda Terça-Feira às 19h, durante as Linked Lives, no meu canal do YouTube.

Confira outros artigos que podem ser do seu interesse:

Como construir sua presença digital do absoluto zero em 3 dias (sem gastar 1 real)

4 passos para você que tá começando agora no Digital e precisar construir uma audiência do 0, mas não tem rios de dinheiro para investir em Ads.

Como encontrar seu público no digital e identificar um nicho lucrativo

Vender no digital não precisa ser uma tarefa complicada, mas também requer atenção em pontos importantes. Confira nesse artigo o que você precisa para começar e quais erros comuns você pode evitar para sair na frente.

O que você precisa para começar a vender no digital

Vender no digital não precisa ser uma tarefa complicada, mas também requer atenção em pontos importantes. Confira nesse artigo o que você precisa para começar e quais erros comuns você pode evitar para sair na frente.

Manifesto Linked Hacker

Linked Hacker é aquele que tem fome de crescimento no sangue e não descansa enquanto não consegue alcançar seus objetivos. Confira nosso manifesto.

Teste

Título Maneiro Esse aqui é só um post de teste maneiro que eu fiz pra ver como fica o rolê da organização do blog na homepage. Grande abraço e fiquem com Deus. "Tudo estilizadinho" Só pra vocês verem Assim fica top? Ou troco alguma...
logo linkedyou site
Todos os Direitos Reservados ©2020 • Linkedyou
logo linkedyou site
Todos os Direitos Reservados ©2020 • Linkedyou